Sociedade

Lisboa. Obras no Metro encerram estação de Arroios esta quarta-feira

Vai ser reaberta apenas em 2019

De acordo com informação disponibilizada na página da internet da transportadora, as alterações terão um custo de cerca de 7,5 milhões de euros e vão permitir “a circulação de comboios de seis carruagens em toda a linha verde”. Desta forma vão ser evitatados os “constrangimentos pontuais que se verificam na hora de ponta da manhã na estação de Cais do Sodré”, já a partir desta quarta-feira.

As obras decorrem numa estação apontada, pelo Metro de Lisboa, como sendo "envelhecida e desadequada aos padrões de mobilidade e de acessibilidade atuais". Este projeto vai melhorar também a acessibilidade da estação entre a superfície e o cais de embarque, vai ter modernização de equipamentos, sistemas e instalações novos.