Sociedade

Salgado era quem mandava na PT

A revelação é feita por Rafael Mora, antigo administrador da PT e da Ongoing, no seu depoimento na Operação Marquês. Mora diz que Salgado chamava ao edifício do BES o chairman da PT, Henrique Granadeiro, e o CEO, Zeinal Bava, e era lá que eram tomadas as grandes decisões.

As decisões na Portugal Telecom eram tomadas não pelos seus administradores mas por Ricardo Salgado. Neste sentido, realizavam-se no edifício do BES, na Avenida da Liberdade, frequentes reuniões onde se deslocavam Zeinal Bava e Henrique Granadeiro, a mando de Salgado. Quem o diz é Rafael Mora, um espanhol hoje com 52 anos que desempenhou importante papel em todo este processo, tendo sido o braço-direito de Nuno Vasconcellos na Ongoing e administrador da própria PT em 2008.

Era «o Dr. Ricardo Salgado quem efetivamente definia as decisões a tomar no âmbito da PT, através de inúmeras reuniões que eram mantidas na sede do BES, onde se deslocavam quer o Zeinal Bava, quer o Henrique Granadeiro», disse Mora no DCIAP, ouvido como testemunha.

Leia mais na edição do Semanário SOL deste sábado