Sociedade

Português é acusado de violar e assassinar criança de três anos na Polónia

Detido pode enfrentar uma pena de 12 anos ou prisão perpétua 

Um homem de nacionalidade portuguesa, a viver em Wieruszowo, na Polónia, foi detido, por estar a ser acusado de violação e homicídio de uma criança de três anos, de quem era tutor legal, adiantou eta segunda-feira a Rádio Polónia.O homem pode agora enfrentar uma pena que poderá variar entre os 12 anos e a prisão perpétua.

O detido já foi interrogado, com a ajuda de um tradutor, mas sem nunca admitir o crime. Além do tutor legal,  também a mãe da criança, de 23 anos, foi detida, mas não foi acusada.

O menor morreu no sábado, devido a um traumatismo craniano.

Fonte do gabinete do secretário de Estado das Comunidades Portugueses, contactada pela Lusa, referiu que vai recolher informações acerca do caso junto das autoridades competentes.