Sociedade

Crianças portuguesas processam países pelos incêndios

Sete jovens entre os 5 e os 18 anos vão processar 47 países.

Sete crianças portuguesas querem responsabilizar os culpados pelos fogos e vão avançar para um processo contra 47 países, conta o Jornal Económico.

Os jovens lançaram uma campanha de “crowdfunding” para conseguirem financiar a assessoria legal de maneira a instaurarem o processo.

As crianças vão agora avançar para o Tribunal Europeu dos Direitos Humanos na esperança de que os 47 países que consideram responsáveis pelos fogos sejam culpados.

Já atingiram o objetivo inicial de 22.300 euros e agora querem chegar aos 112 mil euros para vencer a batalha legal.

As crianças acreditam que as alterações climáticas deram origem aos incêndios deste verão.