Desporto

Messi com as pernas cortadas em Buenos Aires

Escultura do jogador do Barcelona foi vandalizada pela segunda vez este ano

A estátua de bronze do jogador argentino Lionel Messi em Buenos Aires foi vandalizada este domingo. As pernas foram cortadas e a estátua caiu ao chão.

Esta é já a segunda vez que a estátua de Messi é alvo de vandalismo este ano.

Erigida perto do rio, a estátua faz parte de um conjunto de outras esculturas dedicadas aos desportistas argentinos mais bem-sucedidos, como Messi, Maradona ou Fangio.

As autoridades estão já a investigar o caso. Em janeiro a mesma estátua foi cortada ao meio, tendo sido reparada e colocada no mesmo local passados poucos dias.

Sublinhe-se que a escultura foi mandada colocar pelo presidente da câmara, Horacio Rodriguez Larreta, numa tentativa de pressionar Messi a voltar a jogar pela seleção argentina, pois o jogador do Barcelona disse, após a derrota na final da Copa América em 2016, que não voltaria a representar o seu país.