LifeStyle

Pessoas que fumam são menos atraentes

Estudo faz revelação

É oficial. As pessoas que fumam são menos atraentes aos olhos das que não fumam. Um estudo realizado por investigadores da Universidade de Bristol fez a revelação.

O estudo focou-se em dois principais objetivos: determinar se é possível dizer que alguém fuma baseando-se apenas nas características que apresenta e se fumar pode afetar a forma como as pessoas que fumam são vistas pelos outros.

De acordo com o estudo, há vários fatores que podem afetar a aparência de uma pessoa, como a idade, o sexo e o ambiente envolvente. Portanto, para a realização do estudo, utilizaram-se duas pessoas gémeas, uma vez que este fator deu aos cientistas um certo controlo que eles precisavam para obter resultados.

"Uma vez que os gémeos compartilham quase todo o seu material genético e alguns aspetos do meio ambiente (p. Ex., Pais, fundo cultural, educação), as diferenças entre eles podem ser atribuídas a efeitos ambientais não compartilhados, incluindo diferenças nos comportamentos de estilo de vida como o tabagismo" sugere o estudo.

No final, tanto os homens como as mulheres escolheram os rostos de pessoas que não fumavam, sem saberem se fumavam ou não, e automaticamente referiram que eram mais atraentes.

Os cientistas acredita que este estudo pode levar a que existam algumas alterações nos comportamentos das pessoas que fumam, na maioria entre os jovens.

"Os jovens são particularmente sensíveis aos potenciais efeitos negativos que o tabagismo tem à medida que envelhecem.”

"As descobertas, particularmente aquelas para os protótipos que representam os traços faciais característicos de fumadores e não fumadores, têm potencial para serem úteis para desenvolver e melhorar intervenções de mudança de comportamento de tabagismo".