Sociedade

Médico recusa fazer serviço de helicóptero alegando que já estava fora do horário de trabalho

O profissional de saúde alegou já estar fora da hora de trabalho, e recusou-se a fazer um serviço de helicóptero de Évora para Lisboa


Um médico do INEM da cidade de Évora, recusou fazer um último serviço durante este domingo, alegando que já estaria fora do seu horário de trabalho.

O paciente em causa precisava de ser transportado, de helicóptero, para Lisboa, e acabou por ser outra equipa médica a realizar o serviço, sendo que o mesmo demorou cerca de 15 minutos.

De acordo com o Correio da Manhã, o INEM já confirmou a situação.