Vida

Selfitis. Sabe o que é?

Há várias formas de expressão

Tirar ‘selfies’ parece um ato totalmente inofensivo, mas a verdade é que já há uma doença relacionada com esta ação.

Na rede social Instagram, há registo de mais de 320 milhões de selfies, seja na rua, casa, trabalho, etc. Praticamente todas as imagens são acompanhadas com a hashtag #selfie, algo que que mostra que há, por parte da pessoa que publica a imagem, necessidade de a mostrar ao mundo, neste caso ao mundo virtual.

Mas será que a necessidade de publicar, por vezes, várias selfies por dia se pode tornar num problema? Sim, vários especialistas alertam para esta doença.

De acordo com a Forbes, a selfitis é um distúrbio mental causado pelo vício de querer tirar selfies e publicá-las online. É um desejo que se torna obsessivo e compulsivo e que, aos olhos de vários especialistas, tem como objetivo preencher uma parte mais vazia da vida íntima de cada pessoa , melhorando assim a sua auto-estima.

A Associação Americana de Psiquiatria revela que a selfitis já é mesmo considerada uma condição mental clínica, e que há três formas de esta se expressar:

Selfitis boderline - As pessoas com este tipo de selfitis são aquelas que tiram até três selfies por dia, mas que não as publicam nas redes sociais;

Selfitis aguda – Pessoas que tiram, pelo menos, três selfies por dia, mas apenas publicam uma;

Selfitis crónica – Pessoas que tiram várias selfies num só dia e que publicam mais de seis por dia.