Altice Portugal

Golabs.IoT desenvolve soluções de IoT

A Altice Portugal inaugurou o Golabs.IoT, um espaço criado de raiz com vista ao desenvolvimento de soluções de Internet of Things (IoT) e à dinamização do ecossistema tecnológico e económico português.

O espaço assenta numa lógica de agregação de parcerias estratégicas entre os principais stakeholders do setor resulta de um memorando de entendimento celebrado entre a Altice Portugal e a Huawei, no Mobile World Congress 2017.   

A funcionar no edifício sede da Altice Portugal, em Lisboa, no Golabs.IoT há uma integração de fabricantes, indústria, academia e startups para desenvolver soluções em laboratório, suportando a sua evolução até ao mercado.

Ao mesmo tempo, permite o lançamento de serviços inovadores e competitivos, contribuindo para a geração de emprego qualificado e a promoção de novos segmentos de negócio.   

No Golabs.IoT já estão a ser experimentadas várias soluções, desde telecontagem de água, monitorização industrial e ambiental e de gestão de estacionamento.

Neste projeto a Altice Portugal assegura três vetores: inovação (exploração e definição de requisitos técnicos e suporte ao desenvolvimento); certificação (validação da qualidade das soluções IoT); e integração (enquadramento das soluções no ecossistema Golabs.IoT).

“O investimento da Altice Portugal em IoT e a criação do Golabs.IoT encontram no maior operador de comunicações em Portugal as condições de infraestrutura e tecnológicas mais adequadas”, afirma o CEO da Altice Portugal.

Segundo Alexandre Fonseca, a “Altice Portugal é líder no segmento móvel, posicionamento que reflete o seu investimento na modernização da rede móvel, na expansão do 4G, atualmente já com uma cobertura superior a 95% da população e, ainda, no lançamento do 4G+ que atinge já os 60%”.   

Já o CEO da Huawei Portugal lembra que na “na última década, a Huawei tem demonstrado o seu compromisso em trazer as mais inovadoras soluções tecnológicas para a indústria, como o 3G, 4/4.5G e FTTH, entre outras, permitindo assim aos consumidores e às empresas portuguesas usufruir de cada vez melhores serviços de telecomunicações”.

Segundo Chris Lou, “como líder no setor TIC, a Huawei está dedicada ao desenvolvimento da IoT, contribuindo para o ecossistema numa vertente end-to-end.»

A Gartner, consultora norte-americana de tecnologia, aponta a IoT como um dos drivers fundamentais do investimento em Tecnologias de Informação (TI) este ano e uma das ferramentas mais relevantes do processo de transformação digital das organizações e da sociedade em geral.

A Iot terá um impacto transversal em todos os eixos de crescimento social, económico e cultural. Esta é também uma  prioridade estratégica da União Europeia, prevendo-se que a quantidade de dispositivos conectados em todo o mundo cresça a um ritmo anual de 32% até 2021, ano em que subirá para 25 mil milhões.