Desporto

Pedro Kol disputa título europeu de kickboxing

O português vai discutir este domingo o título europeu da modalidade, frente ao atual campeão, o italiano Alessandro Moretti, numa reedição do combate de 2017. 


Chamam-lhe o ‘Combate do Ano’ e vai contar com um português no ringue. Amanhã, na arena do Campo Pequeno, em Lisboa, Pedro Kol irá disputar o título de Campeão Europeu de Kickboxing de Profissionais (K1), na categoria de -62 kg, frente ao kickboxer italiano Alessandro Moretti, atual campeão europeu em título da modalidade. 
Numa reedição da luta de 2017, esta será a oportunidade para  o ‘Esparguete Assassino’, alcunha pela qual é conhecido o português, se vingar. Em abril do último ano, Kol saiu derrotado precisamente contra o agora campeão nacional italiano, Moretti. À data, em Roma, uma lesão na tíbia direita impediu que o atleta luso se batesse até ao fim, tendo o encontro terminado com a decisão de K.O. técnico por parte do júri. «Em Roma perdi o meu título de Campeão da Europa numa decisão polémica mas tenho a sorte de ter uma segunda oportunidade. Sei que sou melhor que o Moretti e vou prová-lo dia 18 de Fevereiro no Campo Pequeno. A jogar em casa e com o apoio dos portugueses estarei ainda mais forte», garantiu Pedro Kol.

 

Há momentos da minha vida que tenho dificuldade em distinguir o sonho da realidade...

A post shared by Pedro Kol (@kolmachine) on

O regresso do campeão
O combate de 2017 com o atleta transalpino da Team Fighting Spirit marcou o regresso do ‘Kolmachine’, – outro dos nomes pelo qual o lutador português é conhecido devido à Academia de kickboxing que abriu em 2015, em Lisboa, com esse nome, – à competição. Desde 2015 que o português estava afastado dos ringues a nível profissional para se dedicar exclusivamente ao seu novo projeto. Contudo, antes de se dedicar a 100% ao ensino da modalidade, o atleta que representou o Sporting distingue-se pelos vários títulos já conquistados nesta arte marcial: sagrou-se pentacampeão nacional, bicampeão europeu e ainda campeão mundial de K1, frente ao chinês jin Jintuo. 
Agora, está oficialmente iniciada a contagem decrescente para o atleta que defende a Kolmachine Team voltar a calçar as luvas,  numa nova oportunidade de reconquistar o cinturão europeu. «A limar as últimas arestas com o Mestre [Fernando Fernandes]. 19 anos depois, a mesma dedicação diária. Futebol e futsal já está. Para a semana fechamos o Tri», escreveu Kol nas redes sociais, sítio na internet onde tem, de resto, partilhado com os seus seguidores, ao longo das últimas semanas, todo o processo de preparação e rotinas de treino. 


O ‘Combate do Ano’ tem lugar no evento ‘Never Give Up II’, entre as 17h e as 21h. Antes do combate principal, o último do dia, que será entre o português e o italiano, o evento terá outros cinco embates: uma Superfight Feminino (entre Débora Évora, da Team Evora, e Margarida Câmara, da Stone Boys Team, -56kg na disciplina K1) e quatro Superfights nacionais.