Internacional

Rússia. Putin confortavelmente reeleito com 73,9% dos votos

O triunfo nunca esteve em dúvida. Putin comandará a Rússia por mais seis anos. 

Vladimir Putin venceu decididamente as presidenciais russas deste domingo com pelo menos 73,9% dos votos, de acordo com os resultados provisórios recolhidos pelo próprio governo. A sua reeleição, há muito esperada, garante que continuará os próximos seis anos no Kremlin. O que acontecerá a seguir é uma incógnita.

A grande dúvida deste domingo andava em redor da abstenção. A principal figura da oposição, Aleixei Nalvany, foi impedido de concorrer às eleições e apelou á abstenção como via de protesto. Segundo números do governo, 63,7% dos eleitores russos foram às urnas, menos do que em 2012 mas o suficiente para um mandato forte. 

O segundo candidato mais votado é Pavel Grudinin, o líder do Partido Comunista da Rússia, que é também milionário. Os resultados da sondagem à boca das urnas conduzida pelo governo apontam para que Grudinin vença 11,2% dos votos. Os restantes candidatos ficaram abaixo dos 7%. 

Ao final da tarde em Portugal, o governo contara já 21% das urnas, que se estenderam por onze fusos horários diferentes e encerraram ás 18h portuguesas, assim que os postos de voto em Kaliningrado, o enclave russo na Europa, encerraram.