Internacional

Presidente do Peru demite-se

Em causa está o seu alegado envolvimentos com casos como o da construtora Odebrecht

Pedro Pablo Kuczynski, presidente do Peru, demitiu-se esta quarta-feira depois de ter sido pressionado pelo governo. Em causa está a divulgação de vídeos e áudios que comprovam a sua alegada ligação à compra de votos em troca de atribuição de obras.

Depois de Pedro Pablo Kuczynski ter renunciado o cargo, a liderança do país deverá ser tomada por Martín Vizcarra, o primeiro vice-presidente.

A decisão foi tomada depois de o governo exigir a sua demissão, durante uma reunião de Conselho de Ministros.

Pedro Pablo Kuczynski esteve um ano e sete meses na presidência e o seu percurso como presidente ficou marcado pelos conflitos com o Congresso e ainda pela iniciativa de vários partidos da oposição, que iria ser amanhã discutida, que estava relacionada com as ligações do presidente à construtora Odebrecht.