Internacional

UE pede investigação "independente e transparente" acerca das mortes em Gaza

Confrontos provocaram pelo menos 16 vítimas mortais

Este sábado, a Alta Representante da União Europeia para os Negócios Estrangeiros e a Política de Segurança, Federica Mogherini, pediu uma “investigação independente” acerca do uso de munições reais por parte do exército israelita em Gaza, durante os confrontos que provocaram pelo menos 16 vítimas mortais e vários feridos.

“O uso de munições reais deve ser objeto de uma investigação independente e transparente”, referiu, lamentando as mortes e deixando as condolências às famílias das vítimas.

“A liberdade de expressão e a liberdade de reunião são direitos fundamentais que devem ser respeitados”, sublinhou a representante.