Internacional

Brasil. Lula reage ao mandado de prisão de Sérgio Moro

Ex-Presidente considera um "absurdo" e acusou o juiz responsável pelo caso Lava Jato de "sonhar" com a sua detenção

Lula da Silva já reagiu ao mandado de prisão ordenado pelo juiz Sérgio Moro. O ex-Presidente tem até às 17h locais para se entregar à Polícia Federal de Curitiba.

O antigo presidente do Brasil considera que o juis sonha com a sua detenção e diz que o mandado de prisão é "absurdo".

Além disso, Lula da Silva acusou ainda Sérgio Moro de agir politicamente para impedir o seu "direito à defesa", segundo delarações suas à rádio CBN, as primeiras desde que o Supremo Tribunal Federal negou o recurso para que Lula continue em liberdade até à decisão final de todo o processo. 

Ontem, Sérgio Moro, o juiz federal de Curitiba encarregue da Operação Lava Jato e que condenou Lula, decidiu que o ex-presidente do Brasil tem de começar já a cumprir a pena de prisão de 12 anos e um mês a que foi condenado por lavagem de dinheiro e corrupção.