Vida

Ladrão escapa da prisão pela janela e embarca num avião onde seguia a primeira-ministra

O homem tinha roubado 600 computadores que eram usados para fazer mineração de bitcoins.

DR  

O islandês Sindri Thor Stefansson roubou 600 computadores para fazer mineração de bitcoins, ou seja, adicionar transações ao registo desta criptomoeda, e acabou numa prisão do país. Este roubo foi descrito como o maior de sempre no país.

O The Guardian conta que agora o ladrão conseguiu escapar da prisão pela janela e infiltrar-se no avião onde seguia a primeira-ministra da Islândia, rumo a Estocolmo.

As autoridades estão agora à procura de Sindri Thor Stefansson. Os 600 computadores, que valiam cerca de 1,66 milhões de euros, também continuam desaparecidos.