Internacional

Salah Abdeslam condenado a 20 anos de prisão por tentativa de homícidio

O alegado responsável pelo atentado de Paris foi condenado pelo tiroteio com a polícia belga no bairro de Molenbeek, Bruxelas. Aguarda o julgamento pelo atentado de Paris em prisão preventiva

Salah Abdeslam foi hoje condenado a 20 anos de prisão pelos tribunais franceses pelo tiroteio com as autoridades a 1 de março de 2016, no bairro de Molenbeek, em Bruxelas, Bélgica. Responsável pelo planeamento do atentado terrorista de Paris, em 2015, Abdeslam será ainda julgado por ter causado a morte de 130 pessoas e dezenas de feridos. 

Aquando do atentado, Salah Abdeslam deveria ter-se juntado aos restantes terroristas no ataque, fazendo-se explodir com o cinto de explosivos que possuía, mas ao último momento recusou. Ao seu primo, o indíviduo afirmou que não tinha "líquido explosivo" suficiente para prosseguir. 

Abdeslam foi extraditado para França em 2016, onde aguarda o julgamento em prisão preventiva, que se deverá realizar em 2019. É mantido em isolamento e vigilância 24 horas por dia.