Economia

Teodora Cardoso congratula Centeno, mas faz advertência

Conselho das Finanças Públicas falou sobre o relatório do Programa de Estabilidade 2018-2022

O Conselho das Finanças Públicas (CFP) referiu, relativamente ao relatório sobre a Análise do Programa de Estabilidade 2018-2022, que o governo tomou a decisão correta, mas faz algumas advertências.

“O Programa de Estabilidade adota a opção correta em matéria de política orçamental, ou seja, uma postura globalmente contra cíclica que implica a redução do défice e do rácio da dívida nas fases favoráveis do ciclo económico”, refere o documento publicado pela entidade.

No entanto, apesar de congratular as medidas do governo, o CFP, liderado por Teodora Cardoso, também deixou algumas advertências relativas à estratégia traçada no programa. “A este respeito, a estratégia delineada no PE/2018 permanece insuficiente, uma vez que a evolução do saldo orçamental depende fundamentalmente da dinâmica favorável da atividade económica e das políticas adotadas no passado, a que se associam medidas de 'revisão de despesa' que carecem de discriminação que permita avaliar o seu impacto e acompanhar a sua execução”.

O documento salienta ainda os riscos da estratégia que estão “inerentes ao cenário macroeconómico e das previsões relativas às despesas”.