Vida

Morgan Freeman: “Não criei ambientes de trabalho inseguros. Não ataquei mulheres”

Ator voltou a reagir às acusações de assédio sexual

Morgan Freeman, ator norte-americano, que foi acusado por oito pessoas de assédio sexual, fez outro pedido de desculpas tendo assegurado que nunca abusou de nenhuma mulher.

“Pedi desculpa na quinta-feira e continuarei a pedir a qualquer pessoa que possa ter ofendido, ainda que involuntariamente”, referiu, num comunicado citado pela Lusa.

O ator disse ainda estar “devastado” com o facto de os seus 80 anos de vida estejam “em risco” de serem desacreditados por causa desta situação.

“Não criei ambientes de trabalho inseguros. Não ataquei mulheres. Não ofereci trabalho ou promoções em troca de sexo e qualquer indício de que o fiz é completamente falso”, sublinhou.