Sociedade

Tragédia Grécia. Portugal vai ajudar, mas desta vez os animais

O grupo português Intervenção e Resgate Animal (IRA) apelou a ajuda dos portugueses

Também os animais são vitimas dos incêndios da tragédia que devastou a Grécia, centenas de animais de estimação morreram e muitos continuam desaparecidos também. O grupo português Intervenção e Resgate Animal (IRA) anunciou que vai ajudar e apela o mesmo aos portugueses.

“Quando Portugal caiu de joelhos perante o pesadelo dos fogos, o país juntou-se para encher o peito e voltar à batalha. Os portugueses, dentro das suas possibilidades, juntaram-se para fazer chegar ajuda onde era preciso. Hoje é a Grécia e os seus animais. Da mesma forma que fomos ajudados internacionalmente, é agora a nossa vez de retribuir”, lê-se numa publicação na página oficial do Facebook do IRA.

O grupo informou que um hospital está a ajudar “gratuitamente todos os animais afetados pelos incêndios” e os portugueses podem contribuir através de material hospital, como soro fisiológico, pensos, ligaduras, álcool, água oxigenada, betadine, bepanthene, Biafine ou luvas descartáveis e ainda com ração e mantas e cobertores.

De acordo com a Eurotast, a Grécia tem mais 700 mil cães e perto de 300 mil gatos domésticos. Contudo, estima-se que sejam três milhões os cães e os gatos vadios.

Saiba como ajudar, leia a publicação.