Internacional

28,5 milhões de euros disponibilizados pelo governo italiano para Génova

Recorde-se que a queda do viaduto, na passada semana, fez 43 vítimas mortais.

O primeiro-ministro italiano anunciou este domingo que foram disponibilizados 28,5 milhões de euros para realojamentos e intervenções de “mobilidade alternativa” à queda da ponte Morandi, em Génova.

Giuseppe Conte disse, através do Facebook, que, além dos cinco milhões de euros já disponibilizados, estavam agora destinados 28,5 milhões de euros para "mobilidade alternativa [ao viaduto], para o fortalecimento do sistema de transportes e para realojar as famílias que tiveram de abandonar as suas casas".

Será na segunda-feira que as primeiras casas vão ser entregues aos desalojados.

Recorde-se que a queda do viaduto, na passada semana, fez 43 vítimas mortais.