Politica

Santana Lopes. "Não andei a bater à porta de ninguém a dizer ‘venham comigo’"

Em entrevista à SIC, Pedro Santana Lopes falou esta terça-feira da criação do partido Aliança

Pedro Santana Lopes falou esta terça-feira da criação do partido Aliança e garantiu que a sua decisão não foi tomada com o objetivo de “fazer dano a ninguém”.

“Não quis fazer dano a ninguém. Não quis colocar o PSD numa posição desagradável e não andei a bater à porta de ninguém a dizer ‘venham comigo’”, afirmou o político, em entrevista à SIC.

Além disto, Pedro Santana Lopes garantiu ainda que vivemos numa “democracia”, portanto isso significa “liberdade”, descartando assim as críticas de traição de que tem sido alvo.

“O que se discute agora é a que distância os partidos ficam do doutor António Costa. Eu não vim para isso, eu vim para ganhar ao doutor António Costa. Se os outros não querem ganhar é lá com eles”, esclareceu acerca da sua intenção ao criar o partido Aliança.