Internacional

67 migrantes resgatados na Grécia por militares da GNR

Depois de assistidos, os migrantes foram “encaminhados para as autoridades helénicas”.

DR  

Foram resgatados, na madrugada deste sábado, 67 migrantes pelos militares da GNR, em missão nas ilhas gregas de Samos e Lesbos.

A missão decorreu no âmbito da Agência Europeia de Fronteiras e Guarda Costeira (Frontex) e, dos 67 migrantes, 19 eram crianças.

De acordo com um comunicado da GNR, citado pela Lusa, “a equipa de vigilância marítima da Unidade de Controlo Costeiro, que se encontra a operar em Samos, através de equipamentos de visão térmica, detetou uma embarcação insuflável, de cerca de 10 metros, rumo à fronteira da Grécia, tendo sido dado de imediato o alerta à embarcação portuguesa da GNR, que efetua patrulhamento no Mar Egeu, resgatando 2 crianças, 3 mulheres e 21 homens".

Posteriormente, na ilha de Lesbos, os militares detetaram um grupo de migrantes, numa estrada, que tinham atravessado o Mar Egeu, a partir da Turquia. O grupo era constituído por 7 crianças, 11 mulheres e 13 homens.

Depois de assistidos, os migrantes foram “encaminhados para as autoridades helénicas”.