Economia

ING multado em mais de 600 milhões de euros

Em causa está acusação de crimes como corrupção e branqueamento de capitais por parte da instituição financeira holandesa. 

O banco holandês ING vai pagar mais de 600 milhões de euros para dar por concluída uma investigação na Holanda, na qual era acusado de crimes como corrupção e branqueamento de capitais.

A instituição financeira admitiu “sérias lacunas na execução das diligências necessárias para a prevenção de crime financeiro e económico” na delegação holandesa, entre 2010 e 2016, revelou a Bloomberg.

Mas não fica por aqui. Além do pagamento da multa, o banco disse ainda que iria penalizar alguns trabalhadores retirando bónus e suspendendo as respectivas funções. "Procederemos a mais melhorias para assegurar um papel sólido na protecção da integridade do sistema financeiro", disse Vincent van den Boogert, CEO do ING na Holanda.