Economia

Investimento comercial deverá atingir níveis recorde este ano

De acordo com as contas da consultora, no primeiro semestre, o segmento de retalho registou o maior volume de investimento, num total aproximado de 800 milhões de euros.

O investimento imobiliário comercial em Portugal deverá bater um novo recorde em 2018, ultrapassando “largamente” a fasquia dos dois mil milhões de euros após ter somado 1400 milhões de euros até junho, prevê a consultora Worx.

“Os níveis de liquidez irão manter-se, continuando a ser direcionados para ativos ‘prime’ [de elevada qualidade], e a tendência será para a estabilização dos valores das ‘prime yield’ [indicador de rentabilidade]”, afirma Pedro Valente, do departamento de ‘capital markets’ da Worx. 

De acordo com as contas da consultora, no primeiro semestre, o segmento de retalho registou o maior volume de investimento, num total aproximado de 800 milhões de euros. E cerca de 75% do investimento imobiliário comercial nacional foi composto por operações acima dos 100 milhões de euros, estando na base deste resultado os investidores com perfil mais ‘core’. 

Segundo a Worx., o mercado imobiliário em Lisboa continua em ascensão, juntamente com outras cidades, como Londres, Munique, Berlim, Frankfurt ou Paris, sendo que “a ‘prime yield’ do mercado de escritórios de Lisboa situa-se nos 4,5%, seis pontos percentuais acima da média europeia, que se encontra nos 3,9%”.