Desporto

Fernando Santos garante que vitória de Modric foi injusta

O selecionador nacional defende que Ronaldo deveria ser o melhor do mundo

Fernando Santos comentou, esta terça-feira, o facto de Luka Modric ter sido considerado o melhor jogador do mundo na ultima edição do ‘The Best’ da FIFA e afirmou que a escolha foi injusta, uma vez que Ronaldo era o justo vencedor do prémio.

“Se me perguntarem se o Modric é um grande jogador, [respondo que] sim, por isso votei no Modric em 2.º lugar. Agora se me perguntarem quem é o melhor jogador e quem o foi nesta época, foi o Cristiano Ronaldo, não tenho dúvidas em relação a isso", defendeu o selecionador nacional, citado pela TSF, acrescentando ainda que “Cristiano merecia vencer o prémio para melhor jogador do mundo, tal como o outro prémio da UEFA”, que também foi atribuído a Modric no passado mês de agosto.

"Ele fez cinquenta e tal golos! Aquilo que era válido há um ano, há dois e há três parece que, de repente, deixou de ser", afirmou.

Fernando Santos referiu ainda que Ronaldo foi injustiçado duplamente na última gala da FIFA, isto porque também o seu “golo de bicicleta”, pelo Real Madrid frente à Juventus, não foi premiado.

"Quando o melhor golo da carreira do melhor jogador do mundo não ganha um prémio, há qualquer coisa muito estranha", afirmou.

Modric, tal como Ronaldo, venceu a Liga dos Campeões pelo Real Madrid. O croata chegou ainda à final do campeonato do mundo de futebol com a seleção. Contudo, os números favorecem o internacional português.