Sociedade

Praxe ‘pesca’ 114 quilos de lixo da ria formosa

“A praia até parece limpa, mas na realidade não está”

Praxe ‘pesca’ 114 quilos de lixo da ria formosa

Os novos alunos de Biologia e Biologia Marinha da Universidade do Algarve receberam as boas vindas ao mundo académico com uma praxe diferente. A tarde de terça-feira foi passada a recolher lixo da Ria Formosa.

Ao todo foram ‘apanhados’ 114 quilos de lixo, entre cordas, sacos, garrafas de plástico, beatas e até ténis de corrida.

“Durante cerca de uma hora, aproveitando a maré baixa, os cerca de 40 alunos percorreram 350 metros, recolhendo diversos tipos de lixo”, segundo um comunicado citado pela Wilder, uma revista digital de jornalismo de natureza.

A Straw Patrol, a organizadora da praxe, sublinha que “numa altura em que a praxe académica é amplamente discutida, estes alunos mostraram que é possível aliar a atividade de praxe à proteção dos ecossistemas marinhos, e fizeram toda a diferença”.

A fundadora da organização insiste na importância deste tipo de iniciativas, explicando que os alunos “não tinham noção de como as coisas estão em termos de lixo marinho”, cita a Wilder. “Porque, à primeira vista, a praia até parece limpa, mas na realidade não está”, acrescentou Carla Lourenço.

Os comentários estão desactivados.