Vida

Pão com farinha de baratas tem menos gordura e mais proteína

Um grupo de cientistas testou uma receita de pão em que substituía 10% de farinha de trigo por farinha de barata


E se o pão passasse a ser feito com farinha de baratas? Um grupo de cientistas brasileiro desenvolveu um estudo que mostra que ao substituir 10% farinha de trigo utilizada na confeção do pão por farinha de baratas aumenta a proteína existente em 133%.

Para além do aumento dos níveis de proteínas, a receita permitiu aos cientistas utilizar menos gordura, porque a farinha de insetos contém alguma oleosidade. Quanto ao sabor e ao cheiro, não houve qualquer diferença em relação ao pão tradicional.

Segundo a BBC News, foi utilizado um quilo de baratas cinéreas – uma espécie de origem africana criada em cativeiro – para fazer a farinha, o que custou aos cientistas cerca de 45 euros.

A inserção de insetos na alimentação foi já recomendada pela Organização das Nações Unidas (ONU) e a própria legislação europeia inclui as baratas como “um novo alimento”. Exista já países europeus, como por exemplo a Espanha, onde é possível comprar alimentos à base de insetos em alguns supermercados.

Os cientistas vão prosseguir com testes para a utilização de farinha de baratas em bolos e barras de sereias.

Os comentários estão desactivados.