Sociedade

Câmara de Cascais convida voluntários a reflorestar a serra de Sintra

O apelo foi feito nas redes sociais e está agendado para este sábado

A Câmara Municipal de Cascais lançou um apelo para constituir um grupo de voluntários para iniciar os processos de limpeza e reflorestação do Parque Natural Sintra-Cascais.

Na página oficial do Facebook, o município afirma que não vai “esperar mais tempo” para iniciar a reflorestação. “Neste sábado, ‘por cada árvore levada pelo fogo, duas os cascalenses plantarão’”, pode ler-se na publicação.

Carlos Carreiras, presidente da Câmara de Cascais, já tinha anunciado, durante a visita a algumas das áreas afetadas pelo incêndio que no dia 6 e 7 de outubro fustigou o Parque Natural Sintra-Cascais, que iria ser constituído um grupo de voluntários para ajudar na limpeza de terrenos e na reflorestação da área ardida.

O autarca avançou, em declarações ao Diário de Notícias, que caso os proprietários não colaborem com a reflorestação, há a “hipótese de evoluir para expropriações”. “Será feita posse administrativa da mesma maneira que se faz quando um edifício não é mantido pelos seus proprietários”.

Os trabalhos de limpeza e reflorestação estão agendados para este sábado. "Vamos proceder ao corte das árvores ardidas que vão ser deixadas no terreno para servirem de barreira de contenção das terras quando vierem as chuvas", explica Carreiras.