Sociedade

Um ano depois do incêndio, Tondela inaugura 15 casas reconstruídas

O anúncio foi feito pelo presidente da Câmara Municipal

Um ano depois dos incêndios de 15 de outubro, o presidente da Câmara de Tondela vai inaugurar 15 casas que foram recuperadas depois de terem sido atingidas pelo fogo. O anúncio foi feito esta sexta-feira.

"Queremos dizer que a 15 de outubro, 15 destas operações (das 71 com intervenções superiores a 25 mil euros) estarão concluídas e muitas das 49 (com intervenções inferiores a 25 mil euros) já estão concluídas. O somatório de umas e de outras representa praticamente 50 habitações que, à data de 15 de outubro, estão concluídas", diz José António Jesus durante uma visita às casas concluídas e em execução.

Existem ainda oito habitações cujas obras de recuperação ainda não foram iniciadas, o que o autarca justifica com o atraso dos documentos. “Foi sempre esperado até ao limite que as pessoas entregassem os documentos necessários e suficientes para se poder desencadear a operação de reconstrução ou de construção de raiz”, justificou acrescentando que havia pessoa que não tinham registo de propriedade das habitações “porque apesar de estarem feitas as partilhas ainda não estavam as casas nos nomes dos herdeiros”.

Em Tondela houve ainda casas que foram reconstruídas em locais diferentes do original “por causa do risco que havia”, nomeadamente o risco de incêndio”. "Conseguimos reconstruir uma outra casa, a mais ou menos 300 metros da que tinha, num terreno que a senhora possuía, mas aqui não terá os riscos da encosta e terá áreas mais espaçosas para o seu agregado familiar", explica dando como exemplo o caso de Rita Martins.

"Globalmente já recebemos 1305 pedidos de apoio, são considerados validados 828 pedidos e aqui estão incluídos 29 apetrechamentos, no caso dos arrendamentos nós só apoiamos o apetrechamento para equipar a sua nova casa que se arrende, 435 reconstruções parciais e 364 de reconstruções totais", disse Ana Abrunhosa, presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR) que acompanhou o presidente na visita. "Dos 828 [pedidos] englobados no programa de apoio, 285 estão concluídos, sem distinguir se é até 25 ou acima de 25 mil euros, é tudo, e estão em obra mais de 455 habitações em diferentes fases", acrescentou.