Desporto

Presidente do Sporting de Braga sem dinheiro para pagar dívidas

Tribunal de Famalicão penhorou mobília da sua casa por ter uma dívida de 438 mil euros.

O empresário e presidente do Sporting de Braga, António Salvador, está sem quaisquer bens - móveis ou imóveis - em seu nome que possam ser penhorados. No entanto, o Tribunal de Famalicão mandou penhorar a mobília da sua casa, por ter uma dívida de 438 mil euros ao também empresário Domingos Correia, de Braga.

Contudo, António Salvador afirma que não entende o motivo desta diligência, uma vez que apresentou ao juiz um pedido de entrega de caução, escreve o Jornal de Notícias (JN).

A mesma publicação tentou contactar o empresário, que não quis reagir.

Em declarações ao JN, fonte judicial contou que o agente de execução Fernando Correia da Silva dirigiu-se esta semana à vivenda do empresário do Braga, mas foi informado pelo filho que o pai não se encontrava em casa e que os bens que ali estavam não seriam dele.

O filho de António Salvador acabou por não permitir a penhora dos bens e, portanto, o agente de execução pediu ao juiz que a próxima diligência feita “seja acompanhada por força policial" para poder entrar na habitação.

No processo que decorre, o empresário alega que não recebe salário no clube, nem na construtora Britalar, depois de uma aprovação, em 2016, de um Plano Especial de Revitalização - com dívidas de 45 milhões de euros - para evitar a declaração de insolvência.