Vida

Famosos voltam às suas casas na Califórnia e encontram cenário de destruição

Ícones do mundo do cinema e da música agradecem e elogiam bombeiros, para quem pedem donativos

Dezenas de celebridades têm recorrido às redes sociais para relatar o que está a acontecer no incêndio na Califórnia, nos EUA, que já atingiu a região de Malibu, onde muitos têm casas que tiveram de ser evacuadas.

O ator Gerard Butler mostrou no Instagram o estado em que ficou a sua casa, em Malibu, depois da passagem do maior incêndio de sempre na Califórnia.

“Momentos de partir o coração por toda a Califórnia”, afirmou o ator, aproveitando a ocasião para elogiar os bombeiros. “Inspirado como nunca pela coragem, espírito e sacrifício dos bombeiros”, acrescentou.

 

A cantora Miley Cyrus foi outra das celebridades cuja casa foi destruida pelo fogo, assim como Gerard Butler, a artista apelou à entrega de donativos aos bombeiros.

 

O cantor Robin Thicke também perdeu a casa, mas não esquece o trabalho dos bombeiros que arriscaram as suas próprias vidas ao tentarem salvá-la, onde vivia com a namorada e os dois filhos.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação partilhada por Robin Thicke (@robinthicke) a

 

A casa de Alyssa Milano foi evacuada. A atriz teve de sair com os filhos e os cães.

 

O realizador Guillermo del Toro foi outra das celebridades afetadas pelo incêndio e a sua casa teve também de ser evacuada.

 

O incêndio esteve muito perto da casa do ator Orlando Bloom que partilhou no Instagram uma fotografia do momento.

 

Khloé Kardashian, ao contrário da maioria dos restantes membros da família, também foi obrigada a abandonar a sua casa devido às chamas.

 

As chamas também estiveram muito perto da casa do ator Will Smith, que apesar de não estar na zona a evacuar preferiu partir com a família, relatou o próprio através de uma Instagram Story.

Este é já considerado o maior incêndio na Califórnia, que todos os anos é assolada por fogos de grandes dimensões.

As chamas já fizeram 31 vítimas mortais e destruíram mais de 6700 casas e estabelecimentos comerciais só em Paradise, a pequena cidade nas montanhas, que terá sido a mais atingida pelo fogo.