Sociedade

GNR confirma "ocorrrência" numa ação de formação

O Ministério da Administração Interna ordenou a abertura de um inquérito sobre o alegado espancamento à Inspeção Geral da Administração Interna

A GNR confirmou este domingo a “ocorrência” numa ação de formação de dez formandos em Portalegre que alegadamente foram espancados, avança a agência Lusa.

"Confirmamos a ocorrência e que foi determinado um processo de averiguações, que não está concluído", afirmou o porta-voz do Comando Nacional da GNR, Helder Barros, citado pela Lusa.

Recorde-se que este domingo, o Jornal de Notícias noticiou que  cerca de dez formandos do 40.º curso do centro de Formação da GNR, em Portalegre, sofreram graves lesões e traumatismos durante a realização de um dos módulos, o que levou a que, em alguns casos, fosse necessário internamento hospitalar e intervenções cirúrgicas.

O Ministério da Administração Interna ordenou a abertura de um inquérito sobre o alegado espancamento à Inspeção Geral da Administração Interna.

Eduardo cabrita, ministro da Admnistração Interna, "pediu esclarecimentos ao Comando Geral da GNR sobre os factos descritos na notícia".