Internacional

“Coletes Amarelos” chegam à Sérvia

Deputado vestiu um ‘colete amarelo’ e exigiu negociações com o governo

Depois dos protestos em França contra o aumento dos impostos nos combustíveis – apelidado de movimento “coletes amarelos” pela utilização dos coletes refletores de segurança –, um deputado sérvio vestiu um colete amarelo para protestar contra os preços da gasolina no seu país.

"Queremos preços normais para a gasolina ou haverá coletes amarelos nas ruas de Belgrado e da Sérvia", avisou Bosko Obradovic, líder do partido da direita nacionalista, Dveri.

Depois de Emmanuel Macron – identificado como “grande amigo” de Aleksandar Vucic, presidente sérvio – ter negociado com os ‘coletes amarelos’, Obradovic criticou o poder sérvio, que "não quis falar com os seus cidadãos que tinham pacificamente expressado o seu descontentamento em relação aos preços da gasolina”.

Em causa está o aumento do preço da gasolina na Sérvia, em junho passado, que tem causado vários movimentos de contestação por todo o país.