Desporto

Liga. Benfica atropela Braga (6-2) e sobe ao segundo lugar

Exibição de luxo das águias perante minhotos pouco guerreiros vale ultrapassagem na classificação

O Benfica de Rui Vitória guardou a melhor versão de si mesmo para o último jogo do campeonato em 2018. Frente a um Braga que chegou a esta ronda 14 à frente das águias, os encarnados de Lisboa deram um recital de futebol e golearam por claros 6-2, passando à condição para o segundo lugar da tabela, a quatro pontos do líder FC Porto - falta saber o desfecho da partida entre Vitória de Guimarães e Sporting. Já os bracarenses terminam o ano em quarto, a seis pontos dos dragões, depois de terem chegado a liderar a prova.

Pizzi, aos 18 minutos, fez o primeiro de oito golos no encontro. Já perto do intervalo (39'), o capitão Jardel aumentou para 2-0, pondo fim a uma série de quatro jogos consecutivos das águias a vencer apenas por 1-0. O verdadeiro vendaval de golos estava, porém, guardado para o segundo tempo: aos 48', Grimaldo fez o 3-0, com Dyego Sousa a reduzir para o Braga apenas três minutos depois - e a isolar-se na tabela dos melhores marcadores, com 11 golos.

Jonas, aos 54', picou o ponto, com Cervi a levar o resultado para 5-1 aos 63'. Cinco minutos depois, André Almeida fez o impensável 6-1 num golo extraordinário (remate a mais de 30 metros da baliza à guarda de Tiago Sá). O melhor que os bracarenses conseguiram foi reduzir para 6-2, também num bom golo de João Novais (74’).