Internacional

Mãe manda calar bebé enquanto padrasto o esmagava com banco

Menino de três anos acabou por morrer

Uma criança de três anos morreu num carro, esmagada pelo banco do condutor, em Sutton, no Sul de Londres.

Tudo terá acontecido no carro do companheiro da mãe da criança. O menino, Alfie Lamb, terá sido forçado a sentar-se no colo da mãe, no banco atrás do assento do condutor.

Segundo o jornal britânico The Sun, na viagem para casa o padrasto do menino, um homem de 25 anos, terá tido um ataque de raiva por a criança se queixar de não ter espaço suficiente e colocou o banco ainda mais para trás. 

A mãe, de 23 anos, terá pedido à criança para se calar até esta acabar por ser esmagada até à morte.

Uma testemunha, que seguia no assento ao lado, garantiu em tribunal que, enquanto a cabeça de Alfie tocava no banco da frente, a mãe lhe terá dito para se calar porque estavam perto de casa.

A criança gritou até ficar inconsciente.

Tanto a mãe como o seu companheiro estão acusados de homicídio. O homem foi ainda acusado de violência infantil e negligência.