Vida

Menino de três anos diz que sobreviveu 48h sozinho ao frio graças a urso

"O Casey disse que tinha um amigo no bosque que era um urso e que esteve com ele"

Uma criança de três anos saiu de casa dos pais, sem que estes se apercebessem, e ficou perdido numa zona de bosque, durante cerca de 48 horas com temperaturas muito baixas, na Carolina do norte, nos EUA.

As temperaturas rondavam os zero graus e as condições atmosféricas eram tão difíceis que as buscas pelo menino de três anos chegaram mesmo a ter de ser interrompidas.

Havia esperança em encontrar a criança com vida, mas as autoridades temiam o pior. Ao fim de dois dias, no início da terceira noite as equipas de socorro ouviram o choro de uma criança e acabaram por descobrir o menino enregelado, por trás de uns arbustos, mas, de resto, bem de saúde.

Quando lhe perguntaram como tinha sobrevivido na floresta com tanto frio, o menino respondeu que foi um urso negro que tratou dele.

A resposta da criança pode ser apenas fruto da sua imaginação, o que se sabe é que, segundo o Guardian, é frequente a presença de ursos negros naquela região.

Realidade ou imaginação, certo é que na cabeça do menino foi o seu amigo urso que o salvou. "O Casey disse que tinha um amigo no bosque que era um urso e que esteve com ele", contou o chefe da polícia local.

À família, agora, também pouco interessa se o urso é fantasia de uma criança ou se existiu mesmo. Pais e tios só estão contentes pelo milagre de a criança ter sido encontrada bem de saúde.