Internacional

Youtube retirou "dezenas de milhares" de vídeos do massacre nas mesquitas na Nova Zelândia

Ataque foi transmitido em direto no Facebook

Esta segunda-feira, o Youtube anunciou que removeu "dezenas de milhares" de vídeos do ataque terrorista nas duas mesquitas na Nova Zelândia, que foi transmitido em direto no Facebook na passda sexta-feira. 

Através de um comunicado, o Youtube referiu que a velocidade a que os vídeos rapidamente passaram para outras redes sociais foram enorme e que, nas horas após o ataque, surgia um novo vídeo a cada segundo, tendo garantido que todas essas imagens foram mesmo eliminadas.

Também no domingo, o Facebook havia informado que tinha retirado 1,5 milhões de vídeos apenas nas primeiras 24 horas, dos quais 1,2 milhões foram removidos da plataforma antes que os utilizadores pudessem vê-los.