Vida

"Desta vez lixou-se porque o Basílio Horta não lhe fez a vontade”, diz Maria Vieira sobre Madonna

A atriz Maria Vieira voltou a recorrer às redes sociais para deixar mais um dos seus polémicos comentários acerca de um assunto. Desta vez foi sobre Madonna.

Como já é costume, a atriz Maria Vieira fez, esta terça-feira uma, publicação na sua conta de Facebook para comentar a mais recente polémica sobre Madonna.

Em causa está, recorde-se, o facto de o presidente da Câmara Municiapl de Sintra, Basílio Horta, não ter autorizado a cantora a levar um cavalo para dentro de um palacete. “Então não é que a dita fulana queria enfiar um cavalo no interior de um palacete do séc. XIX para gravar mais uma porcaria de um vídeo da sua aborrecida lavra? Felizmente que o presidente da câmara de Sintra decidiu intervir (bem) e impedir mais este devaneio da tal de Madonna, que desde que se instalou de armas e bagagens em Portugal só nos tem dado tristezas e preocupações e tudo com o aval e com a cortesia deste «governo familiar»", começa por dizer a atriz.

"Mas desta vez lixou-se porque o Basílio Horta não lhe fez a vontade e não deixou que ela fosse trotar a cavalo sobre um soalho de madeira do séc. XIX porque isso seria de uma insanidade diretamente proporcional ao retorcido e pervertido carácter da cantora (se assim se pode chamar) americana!", escreve ainda.

"Entretanto, depois de ter saboreado esta nega ficamos a saber que a mulher tentou fazer queixinhas ao António Costa para ver se ele lhe valia em mais este requisito, que ela se mostra muito arrependida de ter vindo viver para Portugal, que é, segundo ela, um país que lhe deve muito e que só por causa da pressão do empresário dela é que ela se resolveu a meter aqui os pés, neste país de pobrezinhos e de mal agradecidos!", lê-se na publicação de Maria Vieira.

"A Madonna vai abandonar Portugal de vez no próximo mês de setembro e eu digo - «Aleluia! Vai pela sombra mulher e nunca mais nos voltes a incomodar com tua nefasta presença».",  terminou assim a atriz.