Internacional

Novo balanço dos ataques no Sri Lanka dá conta de pelo menos 290 mortos

Os dados são de um novo balanço, divulgado esta segunda-feira pelas autoridades, que dão também conta de mais de 500 feridos.

O último balanço das autoridades dava conta de 207 mortos, entre os quais um cidadão português, e 450 feridos. Agora, novos números dão conta de pelo menos 290 mortos e mais de 500 feridos.

Também o número de pessoas detidas devido aos ataques aumentou, de 13 para 24, segundo declarações prestadas à France-Presse pelo porta-voz da polícia Ruwan Gunasekera, avança a Lusa..

Esta segunda-feira a polícia também informou que foi descoberta e desativada, no domingo, uma bomba artesanal, perto do aeroporto principal de Colombo.

Recorde-se que a capital do país foi alvo de pelo menos cinco explosões, sendo que caro ocorreram em hotéis de luxo e uma numa igreja.

Mais duas explosões aconteceram em igrejas, uma em Negombo, no norte de Colombo, onde há uma forte presença católica, e outra a leste do país. Já a oitava explosão ocorreu num complexo de vivendas na zona de Dermatagoga.

Apesar de o ataque ainda não ter sido reivindicado, as investigações apontam para que, na origem de pelo menos seis dos ataques, estejam bombistas suicidas.

Tanto o Presidente da República, Marcelo rebelo de Sousa, como o Ministério dos Negócios Estrangeiros já lamentaram os ataques e manifestaram pesar pela morte do cidadão português.