Sociedade

Costa nega que haja acordo na Lei de Bases da Saúde

Nesta fase, o Governo “acompanha, ajuda e pode procurar que os partidos aproximem posições”, acrescentou o chefe do executivo.

António Costa negou ontem que o Governo tenha fechado qualquer acordo com os partidos relativamente à nova Lei de Bases da Saúde.

"Ao longo destes meses, o Governo tem trabalhado com todas as forças políticas, naturalmente também com o Bloco de Esquerda, e trocado texto vários de forma a procurar o maior consenso possível. Não houve até agora nenhum acordo fechado com nenhuma força política e o que tem havido é contributo de todos para procurar uma formulação final que seja a mais consensual possível", disse António Costa aos jornalistas, durante as comemorações do 25 de Abril nos jardins de São Bento, na residência oficial do primeiro-ministro.

Nesta fase, o Governo “acompanha, ajuda e pode procurar que os partidos aproximem posições”, acrescentou o chefe do executivo.

"Mas, a partir do momento em que o Governo apresenta a sua proposta de lei na Assembleia da República, é o parlamento o dono desse debate", afirmou António Costa.