Sociedade

Ordenada detenção de Leopoldo López

Recorde-se que Leopoldo López, um dos líderes da oposição, cumpria uma pena de quase 14 anos em regime de prisão domiciliária

Foi emitido esta quinta-feira, por um Tribunal de Caracas, um mandado de prisão contra Leopoldo López, indicado por alguns como o cérebro por detrás de Juan Guiadó. Em causa está a violação de uma ordem imposta pelo tribunal em 2017 para permanecer sob prisão domiciliária.

"O tribunal decidiu emitir um mandado de detenção para os serviços de inteligência (Sebin), visando o cidadão Leopoldo López", refere um comunicado publicado no site do Tribunal Supremo.

Recorde-se que Leopoldo López, um dos líderes da oposição, que cumpria uma pena de quase 14 anos em regime de prisão domiciliária, foi libertado na última terça-feira por militares, para avançar num protesto contra Nicolás Maduro ao lado de Juan Guiadó.