Desporto

Premier League. Nuno nomeado para Treinador do Ano

O líder do surpreendente Wolverhampton concorre com Pep Guardiola (Manchester City), Jurgen Klopp (Liverpool) e Mauricio Pochettino (Tottenham)

Foram divulgados esta terça-feira os quatro nomeados para Treinador do Ano da Premier League e há um nome que se destaca dos demais: o português Nuno Espírito Santo. O antigo guarda-redes é o único do quarteto que orienta um clube fora do chamado "espaço Champions", tendo merecido o reconhecimento pela surpreendente época que está a realizar ao comando do Wolverhampton.

Os Wolves, que subiram este ano à liga inglesa (depois de terem vencido o segundo escalão, já sob a liderança de Nuno), têm assegurado o sétimo lugar, que poderá mesmo valer um posto na Liga Europa da próxima temporada - basta que o Manchester City vença a final da Taça frente ao Watford -, conseguindo ainda o melhor pecúlio de uma equipa recém-promovida nos últimos 18 anos: 57 pontos.

O conjunto onde alinham oito portugueses (Rui Patrício, Rúben Vinagre, Rúben Neves, João Moutinho, Pedro Gonçalves, Hélder Costa, Ivan Cavaleiro e Diogo Jota) protagonizou uma temporada incrível sobretudo no que toca aos embates com os candidatos ao título: não perderam qualquer jogo contra Chelsea (2-1 e 1-1), Arsenal (1-1 e 3-1) e Manchester United (2-1 e 1-1), tendo ainda batido o Tottenham fora (1-3) e empatado com o City (1-1). Isto, além dos triunfos sobre Liverpool e Manchester United na Taça, ambos por 2-1, onde só caíram nas meias-finais (2-3 após prolongamento frente ao Watford).

Agora, na votação que irá decorrer online até ao próximo dia 14 - a que se juntam as escolhas de um painel de peritos -, Nuno concorre com três nomes de muito peso: Pep Guardiola (Manchester City), Jurgen Klopp (Liverpool) e Mauricio Pochettino (Tottenham).

 

 

Seja qual for o desfecho da votação, é uma época a todos os títulos notável para Nuno Espírito Santo, que no passado sábado, antes do triunfo sobre o Fulham (1-0), foi ainda galardoado com um doutoramento 'honoris causa' da universidade de Wolverhampton, como forma de reconhecimento pelo sucesso no clube nas duas últimas épocas. "Em dois anos, Nuno transformou os Wolves. A sua primeira temporada no Molineux foi um sucesso, ao conduzir o clube à promoção e ao título do Championship, e agora um início bem sucedido na Premier League e uma semifinal da Taça de Inglaterra em Wembley. É um líder, que trouxe orgulho e reconhecimento à cidade e escala internacional", realçou então o vice-reitor da universidade, Geoff Layer.