Desporto

Taça. Cinco portugueses pela Europa com motivos para celebrar

Manuel Fernandes e Eder festejam na Rússia; João Escoval na Croácia; e André Teixeira e Leandro Silva em Chipre


Cinco atletas lusos fizeram esta quarta-feira a festa nos países onde estão a jogar atualmente com a conquista da Taça. Manuel Fernandes e Eder venceram na Rússia, João Escoval triunfou na Croácia e André Teixeira e Leandro Silva celebraram em Chipre.

Manuel Fernandes, de resto, foi mesmo decisivo para a vitória do Lokomotiv de Moscovo: foi de um canto do médio internacional português que nasceu o único golo da final, apontado aos 27 minutos por Barinov. Eder não saiu do banco, mas também contribuiu para a conquista do troféu. Esta foi já a terceira Taça da Rússia para Manuel Fernandes no Lokomotiv - que soma agora oito, sendo o recordista do país, com mais uma que o rival CSKA -, que se junta às conquistadas pelo médio em Portugal (Benfica, 2003/04), Espanha (Valência, 2007/08) e Turquia (Besiktas, 2010/11). Já Eder tinha já vencido a Taça de Portugal em 2011/12 pela Académica.

Na Croácia, João Escoval foi titular no onze do Rijeka que superou o Dínamo de Zagreb (3-1). O central português de 22 anos conquistou assim o primeiro troféu da carreira, naquela que é a quarta Taça da história para o conjunto da terceira maior cidade do país balcânico.

Já em Chipre, o AEL Limassol bateu o campeão APOEL por 2-0, com a presença no onze do central português André Teixeira. Dossa Júnior, defesa nascido em Lisboa mas internacional por Chipre, abriu o marcador logo aos dez minutos, com Adamovic a fechar o resultado aos 66'. Esta é a sétima Taça no palmarés do AEL, primeira para André Teixeira - e também para Leandro Silva, médio luso formado igualmente no FC Porto e que não foi utilizado na final. Do lado do APOEL, Nuno Morais capitaneou a equipa desde o apito inicial, com André Vidigal a entrar aos 69'.