Desporto

Taça de Portugal. Wendel no onze do Sporting, Bas Dost não

Brahimi rende o castigado Corona no FC Porto, com Vaná na baliza

Já são conhecidos os onze iniciais de Sporting e FC Porto para a final da Taça de Portugal, que se inicia às 17h30 deste sábado no Estádio do Jamor. O dado de maior destaque é a presença de Wendel na equipa leonina, poucos dias depois de o médio brasileiro ter sido detido em Alcochete por conduzir sem carta de condução.

Também Raphinha é novidade: o extremo canarinho entra para o lugar de Borja, expulso na partida do último fim de semana, no Dragão, com Acuña a surgir esta tarde como lateral-esquerdo. Já Bas Dost voltará a começar no banco, com Luiz Phellype a manter-se como titular.

Do lado do FC Porto, Brahimi é o eleito por Sérgio Conceição para substituir o castigado Corona, que viu vermelho direto no encontro de há uma semana. Na baliza, Vaná será o titular, ao contrário do que aconteceu em todos os outros jogos dos dragões na Taça até aqui, onde jogou Fabiano – hoje suplente.

 

Onzes iniciais

Sporting

Renan; Bruno Gaspar, Coates, Mathieu e Acuña; Gudelj, Wendel e Bruno Fernandes; Raphinha, Luiz Phellype e Diaby

Suplentes: Salin, Ilori, André Pinto, Jefferson, Doumbia, Jovane Cabral e Bas Dost

 

FC Porto

Vaná; Éder Militão, Felipe, Pepe e Alex Telles; Otávio, Danilo, Herrera e Brahimi; Marega e Soares

Suplentes: Fabiano, Maxi Pereira, Wilson Manafá, Hernâni, Óliver, Adrián López e Fernando Andrade