Politica

Rui Rio justifica derrota com críticos internos e comunicação social

O líder do PSD acredita também que a pesada derrota do PSD se deve à campanha agressiva de Paulo Rangel

Rui Rio justificou a derrota nas europeias com as críticas internas e a campanha agressiva de Paulo Rangel. A comunicação social foi outros dos alvos do líder do PSD numa reunião com as distritais, de acordo com o jornal Público.

Rui Rio não esqueceu as críticas internas de que foi alvo desde que chegou à liderança e disse aos dirigentes distritais que as “chapadas e pontapés” que levou o impediram de falar para os eleitores.

O líder do PSD acredita também que a pesada derrota do PSD se deve à campanha agressiva de Paulo Rangel. A questão dos professores e a forma como a comunicação social a tratou foi outro dos motivos apontados por Rui Rio para que o PSD tivesse apenas 21,9% dos votos.

O PSD teve o pior resultado de sempre em europeias, mas Rui Rio garantiu, na noite eleitoral, que não abandona a liderança. Os críticos também não quiseram entrar em guerra com a direção do partido a poucos meses das eleições legislativas. Jorge Moreira da Silva foi o único a defender que Rui Rio se devia ter demitido após a derrota nas europeias.