Desporto

Braga Open Boxing promoveu o boxe olímpico

O Braga Open Boxing promoveu o boxe olímpico, durante três dias, em Braga, com quase duas centenas de praticantes de vários países europeus e africanos, numa jornada em que aquela modalidade foi uma vez mais divulgada junto dos mais jovens incluindo mulheres.

Segundo os seus organizadores, ligados à Secção de Boxe do Sporting Clube de Braga, “este torneio idealizado para oferecer competição de nível internacional para os clubes e envolveu todos os escalões, como benjamins, infantis, cadetes, juniores, seniores e elites, de ambos os géneros, a competirem durante três dias em três ringues sempre em ambiente organizado e profissional para se apurarem a melhor equipa e melhores atletas em prova”.

A primeira edição foi em 2018 durante a Braga Capital Europeia do Desporto, mas face ao êxito alcançado, na ocasião com pouco mais de uma centena de praticantes, este ano o torneio mobilizou agora quase duas centenas de atletas, parte dos quais oriundos do Reino Unido, França, Itália, Espanha, Alemanha, Irlanda, Holanda, Gibraltar, Marrocos e Cabo Verde, segundo referiu ao Sol o diretor da Secção de Boxe do Sporting Clube de Braga, Paulo Carvalho, enquanto os clubes representados, além do anfitrião bracarense, foram o Boavista Futebol Clube, Futebol Clube do Porto, Sport Lisboa e Benfica, o Sporting Clube de Portugal, mas também coletividades populares que são o alfobre da modalidade, como o União da Sé, o Privilégios e o Briosos, entre outros clubes, no total de 30 equipas.

Para o treinador da equipa bracarense, Luciano Machado, o nível dos atletas foi de grande qualidade, devido ao êxito do ano passado, com o apoio da Federação Portuguesa de Boxe e de ambas as Associações Regionais, a de Lisboa e a do Porto, incluindo a prestação dos árbitros das referidas organizações oficiais, que assistiram à prestação de atletas como o caso da invicta Nancy Moreira, do Futebol Clube do Porto, João carvalho e Lara Martins, do Sporting Clube de Braga, a par de Jorge Pinta, de Marvila, agora atleta paraolímpico, numa prova apoiada pela Universidade do Minho em cujo pavilhão decorrei este evento.