Politica

Distrital do Bloco em Santarém ganha batalha contra direção

Candidata apontada por Catarina Martins não foi a escolhida

A distrital de Santarém do Bloco de Esquerda não viabilizou a proposta da direção de Catarina Martins para escolher Fabíola Cardoso como cabeça-de-lista por aquele círculo eleitoral.

Ao invés, ganhou a proposta de manter o deputado Carlos Matias como opção para encabeçar a lista, numa votação que ditou 81 votos a favor da versão da distrital contra 37, da proposta da direção.

O líder parlamentar do Bloco de Esquerda, Pedro Filipe Soares, esteve presente na assembleia da distrital de Santarém do passado sábado, sendo encarado por alguns dos presentes como uma forma de pressão, conforme avançou o Observador. Ainda assim, a direção de Catarina Martins saiu derrotada desta batalha.

No próximo dia 6 de julho, a Mesa Nacional do BE volta a reunir para fechar listas e programa eleitoral e deverá manter o nome de Fabíola Cardoso como cabeça-de-lista.

Entretanto, a coordenadora do Bloco de Esquerda, Catarina Martins, considerou, em entrevista à TSF e ao DN, que o caso das negociações para lei de bases da Saúde ilustra a forma como o PS “quer a maioria absoluta e tornou-se desorientado”.