Sociedade

Detido incendiário violento de 51 anos

O homem ateou fogo à porta da habitação da sogra 

Um homem de 51 anos foi detido pela prática dos crimes de incêndio, violência doméstica, tráfico de estupefacientes e posse de arma proibida. De acordo com uma nota publicada no site oficial da Polícia Judiciária (PJ), “a investigação apurou que o crime de violência doméstica ocorria já há alguns anos”.

Segundo a mesma força de segurança, o suspeito ateou fogo à porta da habitação da sogra, no concelho de Cascais, em novembro do ano passado. Os factos criminosos colocaram em perigo as vidas da mãe e do padrasto – acamado – da mulher do incendiário, sendo que foram extintos “devido à pronta intervenção de vizinhos que o conseguiram dominar, apesar da porta já se encontrar consumida pelas chamas”.

Durante sete meses, a PJ recolheu indícios da prática do incêndio em questão, de violência doméstica, tráfico de estupefacientes e posse de arma proibida. O indivíduo foi presente a primeiro interrogatório judicial e ficou sujeito à medida de prisão preventiva.