Economia

Contas do Montepio aprovadas por larga maioria

Resultado líquido positivo de 1,6 milhões de euros.

Os associados da Associação Mutualista Montepio aprovaram, esta segunda-feira à noite, as contas consolidadas referentes ao exercício de 2018, traduzidas num resultado líquido positivo de 1,6 milhões de euros.

A reunião, realizada na Aula Magna da Universidade de Lisboa, contou com a participação de duas centenas de associados “que votaram favoravelmente, por larga maioria de 95,6%” “as contas consolidadas do Montepio Geral Associação Mutualista relativas ao exercício findo a 31 de dezembro de 2018 e respetivo Parecer do Conselho Fiscal”, lê-se no comunicado do banco.

Foi ainda aprovada por 95,5% a eleição da Comissão de Remunerações para o triénio 2019/2021, constituída por José António de Arez Romão (presidente) e José Carlos Pereira Lilaia e Hermínio Paiva Martinho (ambos vogais).

“A participação ativa nesta Assembleia confirma a importância da Associação Mutualista Montepio para os seus associados, em particular a sua capacidade de mobilização para a construção de uma economia social mais inclusiva em Portugal e para o fortalecimento de uma instituição que, em 180 anos de história e atividade, nunca deixou de honrar os compromissos assumidos com a sua comunidade de associados, as estruturas da sociedade civil e o país”, refere o Montepio no mesmo comunicado.