Economia

Receitas da Altice cresceram 1,1%

Altice fala numa "excelente trajetória da companhia"

As receitas da Altice Portugal cresceram 1,1% no segundo trimestre face a período homólogo, chegando aos 522 milhões de euros. Este crescimento representa um aumento de 13 milhões de euros – ou seja, 2,5% - face ao primeiro trimestre de 2019.

“Este desempenho é resultado da excelente trajetória da companhia, iniciada no 4º trimestre de 2017 e a evolução das receitas é o reflexo da recuperação e transformação conduzida pela estratégia da Altice Portugal, que permite continuar a afirmar a sua liderança no mercado de telecomunicações em Portugal”, refere, em comunicado, a empresa liderada por Alexandre Fonseca.

A empresa explica que o EBITDA (lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização) “apresenta uma tendência significativa de melhoria nos últimos seis trimestres”. Tal deve-se a um crescimento das receitas, da estabilização da Margem Bruta e Comercial e o controlo dos custos operacionais, “beneficiando igualmente do efeito do programa de saídas realizado no 1º trimestre de 2019”. Recorde-se que a Altice lançou, no início do ano, um programa de saídas voluntárias. De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores do Grupo Altice em Portugal, em declarações ao Dinheiro Vivo, mais de 800 trabalhadores saíram da empresa – mais de metade (67%) por situações de pré-reforma.

Quanto ao desempenho operacional, a Altice revela que houve um crescimento de 1,1 mil clientes únicos no segundo trimestre de 2019. Além disso, foi registada uma “menor taxa de desligamentos dos últimos três trimestres” e “instalações com um nível e evolução sustentado”.

“As receitas do segmento consumo apresentaram um crescimento de 0,7% face ao trimestre anterior. Este é o resultado de uma tendência de recuperação sustentada, baseada num crescimento contínuo na base de clientes, alavancada nas novas entradas, mas também no excelente controlo dos desligamentos, o que permitiu um crescimento contínuo nos últimos sete trimestres, traduzindo-se em mais 21,5 mil clientes nos últimos 12 meses com o aumento substancial dos clientes ligados em fibra ótica (55%)”, descreve a empresa.

Também foi registado um crescimento no segmento de serviços empresariais. Este registou uma subida de 3,6% no segundo trimestre de 2019, conseguindo assim um cresicmento pelo quarto trimestre consecutivo.

Em comunicado, a Altice destaca alguns dos principais eventos que realizou no segundo trimestre detse ano. Um deles é o facto de ter atingido um “marco histórico” ao fazer com que um milhão de clientes tenham fibra nas suas casas e nos seus estabelecimentos. “Este marco é alcançado no âmbito do objetivo estratégico de, até 2020, alcançar 5,3 milhões de casas, um investimento que colocará Portugal na vanguarda da Europa em termos de redes de nova geração. Este número é também um indicador da confiança por parte dos consumidores portugueses”, descreve a operadora.